Construção de estabelecimentos de ensino público posta em causa

Depois da polémica gerada pelas auditorias da Inspeção Geral de Finanças e do Tribunal de Contas à Parque Escolar, a Antena 1 teve agora acesso a uma tese de um investigador da Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa que alerta para derrapagens no prazo e no custo e pior qualidade na construção de vários estabelecimentos de ensino público em Portugal.

A investigação da tese de doutoramento de Nuno Cortiço está centrada na construção ou renovação de edifícios de Ensino Superior nas décadas de 80 e 90, mas as conclusões permitem identificar casos semelhantes no presente.

Na opinião do arquiteto, “nós não aprendemos nada com os erros”. Nuno Cortiço percebeu com a sua investigação que os problemas e derrapagens do passado continuam a acontecer, e não só nas universidades.

“O resultado da Inspeção Geral de Finanças e do Tribunal de Contas à Parque Escolar é o esperado, mas ninguém o vai querer assumir”, explica Nuno Cortiço, que não acredita que vá haver qualquer responsabilização pelos erros na construção e renovação dos estabelecimentos de ensino.