Negas a escola à criança
Para toda a vida ser cega
E ter sempre confiança
Em quem a vida lhe nega

Nunca ganhou tantos louros
Um professor educando
Como na praça de touros
Um toureiro toureando