com a justiça que temos. Vá lá, este ano é apenas a primeira vez que vou a tribunal.

Quando for grande, é o meu sonho desde há dez anos – quero inverter ser réu!