Quero supôr que quando diz isto

Manuel Alegre defendeu esta sexta-feira, no programa Avenida da Liberdade, na RTPi, que “as pessoas estão sem esperança” e que o facto do país ter ultrapassado a fasquia de um milhão de desempregados “é uma brutalidade”.

já resolveu isto

Em resultado da campanha eleitoral, e de acordo com a verba inscrita nas contas entregues ao Tribunal Constitucional, Manuel Alegre tem uma dívida a fornecedores no valor de 431 mil euros.

Sim, porque contribui para a brutalidade.