… com o tipo de empresas lucrativas e gestores de sucesso que temos.

A mim não me chocariam certas parcerias… mas não me parece que tenham sequer interesse em espreitar um Conselho Geral, quanto mais gerir uma escola problemática.

Mas posso estar errado e existirem por aí carradas de filantropos.

Let for-profit firms transform weak state schools, urges former headteacher