Da contracapa do exemplar comprado a preço de ocasião numa livraria que não precisa de publicidade:

Herta Müller nous transmet l’expérience de la dictature, de la peur e t de l’humilation à travers um style dont les phrases cortes ont la force et l’intensité d’um poème.

Foi Nobel em 2009, mas não sei se todos gostam da sua forma de denunciar as ditaduras. Porque, conforme os gostos de facção, há as certas e as erradas. Mas uma ditadura é uma ditadura, certo?