Quer dizer que se um tipo levar com um camião desgovernado em cima ou com um carro conduzido por um bêbedo irresponsável é porque não quis viver?

E que tal apelas a este senhor para emigrar para… tipo, sei lá… a Polinésia? A Patagónia?

Tenente-coronel da GNR diz que mortos ‘não cooperaram’

Lourenço da Silva, tenente-coronel da GNR, declarou, no Programa Bom dia Portugal da RTP, que a Guarda Nacional Republicana está de «consciência tranquila» e que os cidadãos que morreram na estrada durante a época do Natal «não quiseram manter-se vivos».

Dúvida parva: como chegou esta pessoa ao cargo a que chegou e como vai, por certo, manter-se nele?