Segunda-feira, 19 de Dezembro, 2011


Eminem, Run, Rabbit, Run

Tom Cruise paga a actores de rua indianos para fingirem ser seus fãs

A Nicole lá saberá.

A Kate ainda está no activo, não convém perguntar.

Sendo que os jovens licenciados desempregados devem emigrar para latitudes tropicais, o que recomenda o senhor PM quanto a destinos para pessoas de qualificações médias (12º ano, por exemplo), mas com mais de 35 ou 40 anos, com família a cargo, que ficaram recentemente ou ficarão sem emprego?

Burkina Faso? Bangladesh?

Ahhhh… já sei!

China, Índia!

A língua depois resolve-se, pois já há 500 anos despejámos por lá degredados que se safaram razoavelmente e um até fez um poema dos grandes, mesmo só vendo de um olho que a terra, e não o mar, acabou por comer.

Conseguirá a PT instalar um telefone ao Fafe?

Conhecem algum primeiro-ministro de uma democracia vagamente desenvolvida que, perante um cenário de crise, tenha incitado um naco importante da sua mão-de-obra qualificada a emigrar, mesmo existindo problemas de (des)emprego?

Os comentadores branqueadores que, em vez de falarem numa virginal sinceridade, dêem alguns exemplos.

Bem…

Basta um.

E relembro… não se falou apenas de professores:

Pedro Passos Coelho deu esta resposta depois de ter referido as capacidades de Angola para absorver mão-de-obra portuguesa em sectores com “tudo o que tem a ver com tecnologias de informação e do conhecimento, e ainda em áreas muito relacionadas com a saúde, com a educação, com a área ambiental, com comunicações”.

Hoje na TSF ouvi questões colocadas aos bastonários das ordens dos Advogados e Engenheiros mas esses, benzósdeus, não foram especificamente visados, nomeadamente os primeiros.

se a PT conseguir instalar-me um telefone fixo no século XXI, tal como enviado por SMS – a primeira pessoa a aturar-me será o Guinote.

Coisa nunca ouvida.

… na carreira militar, ali pela primeira metade dos anos 70?

Página seguinte »