Afinal a Finlândia gasta mais 5% do seu PIB com o funcionalismo público do que Portugal? E a Áustria… e a Holanda… todas à nossa frente?

Expresso, 29 de Outubro de 2011, p. 22.