Ainda não percebi bem como teóricos leitores de Weber fazem tanto por destruir qualquer espírito de corpo profissional na função pública, agravando a progressiva erosão do seu estatuto (salarial e não só), enquanto é fácil observar como a dureza é escassa em outros sectores, em particular aqueles que podem – mais tarde – proporcionar empregos a governantes ainda menos idosos.

Governo avalia novos cortes salariais na Função Pública

A decisão de proceder a um novo corte salarial só vai ficar fechada amanhã, na reunião de Conselho de Ministros.

O Governo está a estudar a possibilidade de avançar com um novo corte salarial na Função Pública, no próximo ano. Embora a decisão política só fique fechada amanhã, na reunião de Conselho de Ministros onde o Executivo vai aprovar o Orçamento do Estado, o Diário Económico sabe que esse cenário está a ser equacionado.