… subsidiadas pela UE.

Coisas espalhadas por aqui. São mais de 25 milhões de euros para festas, quase 20 só para as de final de ano, com o FEDER a entrar com 15 milhões. Não haveria nada mais útil para aumentar a «competitividade de base económica regional»?