Basta recordar o que se passa com os buracos sucessos de milhares de milhões e como o governo a que pertence Nuno Crato acorre a tapá-los com o dinheiro da arraia-miúda.

Prémio aos melhores alunos «não pode ser só distribuir dinheiro»

Ministro explica que os 500 euros dos prémios de mérito serão usados em projectos sociais ou equipamentos escolares

Saberá Nuno Crato que 500 euros, sendo alguma coisa, são uma gota de água nos encargos de uma Escola Secundária?

Que mais valia, pura e simplesmente, ter anunciado o fim do Dia do Diploma ou ter, em devido tempo, anunciado uma forma diferente de o assinalar.

O trocadilho é demasiado evidente, mas a verdade é que desde a nomeação e tomada de posse, salvo pequenos fogachos, o desempenho de Nuno Crato tem sido em plano (descendente) demasiado inclinado, revelando uma enorme insensibilidade na forma como insiste em sacrificar quem menos merece, enquanto em outras áreas se optou pela estratégia fofinha das reavaliações.