O acusador forçado e embaraçado:

Madeira: Inquérito-crime «não é contra ninguém», diz PGR

O procurador-geral da República (PGR) disse hoje que, ao mandar abrir um inquérito-crime ao caso da ocultação de dívidas públicas da Madeira, a investigação «não é contra ninguém», mas para «apurar eventuais ilícitos penais».

O acusado pavoneante que sabe que nada lhe acontecerá (e há bocado na RTPN alguém explicava porquê):

Jardim agradece inquérito-crime

O presidente do Governo Regional garante “não temer” as consequências da investigação anunciada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) às contas da Madeira.