“Novas Oportunidades” empurram Portugal para o sucesso

Estudo hoje divulgado conclui que, graças ao programa “Novas Oportunidades”, Portugal tem a maior taxa de obtenção de diplomas do final do ensino secundário (96%) da OCDE.

Não tenho quaisquer dúvidas sobre o sucesso quantitativo. O Governo de Sócrates, com a inestimável coordenação política de Maria de Lurdes Rodrigues/Valter Lemos e a execução do brilhante Luís Capucha, colocaram em prática um brilhante plano para diplomar todo o seu vivente no nosso país. Resta saber se isso resiste a um escrutínio que ultrapasse a constatação da certificação, coisa que não tiveram a coragem de fazer, excepto em estudos encomendados a gente segura de concluir o que deveria ser concluído.

Porque para isso dinheiro não faltou à ANQ.

Já para estudar a empregabilidade dos diplomados… e no que esta onda certificadora contribuiu para a economia nacional… nem que seja ao nível ultra-micro…