Ministério recusa progressões

Secretário de Estado João Casanova de Almeida disse ao CM que portaria a publicar só prevê progressões após 2014. Sindicatos pensavam que era já.

Tantas horas em reunião e descompreenderam uma coisa tão simples?