Porque vi o noticiário da SIC e a reportagem nos plenários de Lisboa (avaliado em 100 participantes, muito menos do que os professores do próprio Camões) e de Coimbra (que pareceu ter mais gente, mas sempre tinha o Mário Nogueira como cabeça de cartaz).

Se estes foram os mais concorridos, estamos falados quanto ao resto.

Mesmo extrapolando estes números, no máximo 2500 participantes, mas parece óbvio que terão sido cerca de 2000 no total, espalhados pelos 20 plenários.

Curtinho.

Mas como sei que haverá desacordo? Porque sem se perceber se houve qualquer tipo de votação, António Avelãs e Mário Nogueira surgiram a nunciar o evidente desacordo, já decidido superiormente há meses.

Isto foi apenas um suponhamos que é uma consulta.