O decreto-Lei 8/2011. É provisório. Há-de existir. Alguém o fez nascer prematuro.