Governo nomeou 62 especialistas

No conjunto das nomeações já publicitadas,  o Governo de Passos Coelho já indicou 62 especialistas (entre “especialistas”,  “especialistas/assessores” e “colaboradores”, conforme a designação dos  diferentes ministérios), função prevista na lei “para realização de estudos,  trabalhos ou missões de carácter eventual ou extraordinário.