Mail recebido e que reproduzo sem identificar a emissária, para não a melindrar. Se entender, ela que publique a minha resposta em comentário. Confesso que foi educada (a resposta). Publico o mail porque acho relevante o que ela veicula… sempre gostei de críticas e esta nem é das mais descabeladas que recebi.

Acho o post de 28 de Julho desprezível.

É legítimo não gostar de sindicatos mas o ódio que lhes destilam, no seu blog, com a sua complacência, só soa a despeito. Como diz o povo, “é preso por ter cão e preso por não ter”!!!… Já enjoa a mesma cantilena!… Pois, não fazemos nada (a não ser “arrotar postas de pescada” como se fossemos muito intelectuais e tão distantes estamos dos pobres operários…), vamos a uma manifestação e achamos que já fizemos muito pelo nosso futuro!…

Quando a FENPROF exige que não haja negociações em Agosto não é porque queira gozar férias (apesar de serem trabalhadores que têm igualmente direito a elas porque exploração tem limites!… É que sabe mesmo bem usufruir dos direitos que os sindicatos conseguem ganhar…); aliás, desafio qualquer um a deslocar-se a um dos sindicatos da FENPROF hoje, para a semana ou em pleno mês de Agosto. E não é que eles estão lá? Até nos ajudam nos concursos!… Não é que seja paga para defender estes sindicatos mas tenho colegas que são dirigentes sindicais e bem vejo a vida que elas fazem… Há que lhes reconhecer trabalho que, se calhar, teria mais qualidade se seres pensantes como vós, estivessem lá a fazer propostas e a trabalhar nas escolas a ouvir gente como vocês…

Exigir que a negociação não decorra neste mês (e não é preciso ser muito inteligente para o inferir), é para os professores poderem acompanhar a mesma (é que nem todos têm net, para ter informação, no sítio onde gozam, calma e merecidamente, as suas férias…). Quanto mais não seja para, depois, não terem motivo para os juízos que habitualmente fazem… São sempre os mesmos e dizem sempre o mesmo!!!…