Porque neste simpático país todos estamos sempre ligados a todos. Nem há os tais seis graus de separação. Com três ou quatro chegamos a toda a gente.

Ex-director do SIED entrega hoje queixa-crime por violação de correspondência

O ex-director do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa vai entregar hoje uma queixa-crime por violação de correspondência e utilização indevida da mesma, depois do jornal Expresso ter noticiado que Jorge Silva Carvalho cedeu informações confidenciais à Ongoing.
Fonte próxima do ex-diretor do SIED indicou à agência Lusa que essa queixa será entregue ao Ministério Público pelo seu advogado Nuno Morais Sarmento.

No domingo, o advogado considerou que “a notícia do Expresso revela a eventual existência de situações de violação de correspondência privada, de utilização indevida da mesma e ainda acesso indevido”.

Pelos vistos Nuno Morais Sarmento (e o seu representado) não concebem a hipótese de um mail ter remetente e…. destinatário(s).

Só se espera que não use o espaço de comentário na televisão para comentar o caso…

(se me violarem o correio, por favor, arrumem-no, porque tenho duas caixas a 99% e não tenho pachorra para colocar etiquetas, cores e etc…)