Em especial a não-ficção. Uma espécie de Woody Allen sisudo na reflexão sobre a vida.