Programa ‘pode pôr em causa qualidade’ do ensino

O secretário-geral da Federação Nacional de Educação (FNE) afirmou esta sexta-feira que o programa de reorganização curricular «corresponde a uma diminuição da necessidade de professores», o que poderá «pôr em causa a qualidade e a equidade» do ensino.

PCP quer ouvir ministro da Educação sobre avaliação e concursos de professores