Terça-feira, 12 de Julho, 2011


BRMC, Need Some Air

aquilo entre o Assis e o Seguro.

Estou inconsolável. Bem, um bocadinho inconsolável.

Aconteceu com utilizadores do Firefox ao tentarem aceder ao espaço da DGRHE para registo da avaliação…

Simulador Ad duo da ADD

Alguém pediu esclarecimentos sobre o que se passa na Educação em Beja?

O que se passa em Beja é o seguinte:

120 Crianças/alunos de etnia cigana da cidade de Beja estão concentradas numa só Escola – Agrupamento nº1 de Beja – Santa Maria, existindo na cidade mais dois Agrupamentos que seguem a filosofia da não-aceitação da diferença, pois têm que defender os seus ”colégios”.

O que existe é uma situação de segregação, apoiada pela Direcção Alentejo, Ldª. UMA VERGONHA!

O que não existe é respeito e imparcialidade – FALTA DE ÉTICA!

O que existe é hipocrisia e utilização de escola pública indevidamente – UM ESCÂNDALO!

O que não existe é verdade, os Agrupamentos de Mário de Beirão e de Santiago Maior dizem-se lotados, com dois novos centros escolares com 20 salas de 1º ciclo cada, ao passo que o Agrupamento de Santa Maria tem 11 salas de 1º ciclo – UMA MENTIRA PEGADA, concertada com a DREAlentejo, Ldª!

Para primeiro esclarecimento, já é BOMBÁSTICO o relato do que se passa …

Haverá mais esclarecimentos futuramente …

Mariana Alcoforado (Heterónimo)

A falta de orientações do ministério para o próximo ano lectivo. Uma reportagem na escola Luís António Verney.

… que a distribuição do serviço lectivo, na ausência de regras no Regulamento Interno, deixou de obedecer a qualquer critério evidente e objectivo, dependendo dos humores do(a) Director(a) com escassa regulação (e muita apatia e omissão) do Conselho Geral.

Agora cruzem isso com as classificações da ADD em que o Director é o avaliador supremo, com as atribuições de ACL e reconduções.

Giro… não é?

O 75/2008 é o máiore!

E convém ir lá ler tudo ao Proflusos:

Tiros nos pés…

(…)

Já escrevi várias vezes neste blogue, que a saída mais inteligente (pelo menos para mim e a esta altura) seria mexer apenas no Decreto-Lei n.º 51/2009 (que regulamenta os concursos de professores) e revogar/alterar a alínea c), do ponto 1 do artigo 14.º que estabelece os “bónus” de 1 e 2 valores (para Muito Bom e Excelente, respectivamente) na graduação para efeitos de concurso (e chamo a atenção que isto não é só para os colegas contratados – como muitos pensam – mas para todos). É esta bonificação que move a maioria dos colegas. Tudo o que vá para além disso, vai esbarrar na oposição do PSD, CDS e até mesmo do PS. Para além disso, este modelo tem realmente os seus dias contados, como tal, porque não jogar pelo (mais) seguro?! Se o Governo não optou por suspender este modelo de ADD de forma autónoma, não o deverá fazer por intervenção da Assembleia da República (basta lembrarem-se do que aconteceu em Março deste ano).

No final, uma conclusão: no meio deste circo todo, os palhaços são sempre os mesmos…

“(…)E nos serviços tutelados pelo Ministério da Educação, o Gabinete de Gestão Financeira bate todos os recordes – quase dois em cada dez funcionários integram quadros directivos. O gabinete tem 56 funcionários, dos quais nove são dirigentes superiores ou intermédios.

A Agência Nacional de Qualificação, tutelada pela Educação e Trabalho também não fica atrás. Os cargos dirigentes representam 16% do total de trabalhadores, à frente do gabinete de Estatística e Planeamento da Educação e do GAVE – Gabinete de Avaliação Educacional -, ambos com 12%(…)”

Sei não. O 13 de Maio já passou…

Nos últimos anos, no que convencionalmente se passou a considerar a luta dos docentes/professores, confundiram-se diversas coisas que, em alguns momentos, confluíram de forma instrumental mas que, num novo contexto, tendem a clarificar-se nas suas divergências.

  • Havia os que  se defendiam do que sentiam ser uma agressão brutal contra a classe docente e viram no afastamento do PS do Governo uma fase indispensável nesse processo de resistência e luta. Para esses, até as coisas mudarem de forma concreta, nada está resolvido.
  • Havia os que defendiam o afastamento do PS do Governo e, nesse contexto, a luta dos professores era estimável e estimada enquanto mecanismo de constante erosão da posição do Governo/PS. Apoiaram-na de forma mais aberta ou velada mas, conseguido o objectivo primeiro, querem a pacificação.
  • Havia ainda os que, sendo lutadores por vocação/missão em quase todos os contextos, queriam reforçar as suas posições no campo de luta permanente, fazendo para isso as alianças e entendimentos julgados indispensáveis para esse reforço. Para eles, nunca nada está resolvido, a menos que estejam sentados à mesa.

Um abraço solidário a Santa Maria.

.

Isto só é possível na ausência de qualquer reforma curricular, certo?

Aqui.

Longo preâmbulo. O artigo 1º – curiosamente – é sobre a nulidade dos efeitos mais do que sobre a suspensão do modelo. Tenho dúvidas sobre a possibilidade de revogar artigos do ECD sem ser por via da revisão do próprio diploma, tal como se prevê no artigo 3º.

Quoique tes sourcils méchants
Te donnent un air étrange
Qui n’est pas celui d’un ange,
Sorcière aux yeux alléchants,

Je t’adore, ô ma frivole,
Ma terrible passion!
Avec la dévotion
Du prêtre pour son idole.

Le désert et la forêt
Embaument tes tresses rudes,
Ta tête a les attitudes
De l’énigme et du secret.

Sur ta chair le parfum rôde
Comme autour d’un encensoir;
Tu charmes comme le soir
Nymphe ténébreuse et chaude.

Ah! les philtres les plus forts
Ne valent pas ta paresse,
Et tu connais la caresse
Ou fait revivre les morts!

Tes hanches sont amoureuses
De ton dos et de tes seins,
Et tu ravis les coussins
Par tes poses langoureuses.

Quelquefois, pour apaiser
Ta rage mystérieuse,
Tu prodigues, sérieuse,
La morsure et le baiser;

Tu me déchires, ma brune,
Avec un rire moqueur,
Et puis tu mets sur mon coeur
Ton oeil doux comme la lune.

Sous tes souliers de satin,
Sous tes charmants pieds de soie
Moi, je mets ma grande joie,
Mon génie et mon destin,

Mon âme par toi guérie,
Par toi, lumière et couleur!
Explosion de chaleur
Dans ma noire Sibérie!

[Charles Baudelaire]

Bonsoir
Ton vehicule n’a pas l`air d`avoir de passager
Peux-tu: Veux tu me recevoir
Sans trop te deranger?

Já nem sei de onde o copiei. Fraquito.

Obrigatório para o coiso pedagógico.