Aproveitando um intervalo nas aulas, lá fui com a minha pen em riste (com a declaração validada e pré-preenchida) até um computador e voltei a aceder ao Portal das Finanças.

Afinal a senha expirada para efeitos de submissão da declaração apareceu como inválida mas, porque enfim, lá tentei entrar no Portal das Finaças com ela. Afinal, estava de novo expirada e disseram-me para a alterar.

Tentei, porque gosto de fazer coisas repetidas com escasso sentido e desta vez – ???!!!??? – o sistema aceitou-a para efeitos de introduzir uma nova.

Não querendo acreditar, lá fui submeter de novo a declaração. Após um aviso de que declarei mais rendimentos do que os que estão registados na base da DGCI, de uma declaração de que estou consciente do alerta e de dois erros indeterminados, lá seguiu a declaração, cerca de sete horas antes do prazo limite.

Não adianta tentar simulações, porque não estão disponíveis para quem declara rendimentos resultantes de propriedade intelectual (vulgo, direitos de autor).

Mas eu quero lá saber…