… continua a fazer tudo o que pode para impedir uma vitória clara do PSD e uma derrota clara de Sócrates. As primeiras páginas têm sempre um não sei quê de recado.

Hoje é a noticia (?) de que Cavaco Silva não encara bem um governo com apenas dez ministros, pois isso poderia colocar em causa as medidas acordadas com a troika.

Esta notícia – não havendo escutas em Belém, como se provou anteriormente, por ocasião da última vez que Cavaco enterrou o PSD numas legislativas – só pode ter sido plantada por Belém com um objectivo claro que, contudo, em nada decorre das funções de um PR. A orgânica de um governo, ainda por cima por eleger, não é competência da presidência da República, muito menos de uma tão atenta – quando lhe interessa – aos preceitos constitucionais.

Claro que o Expresso aproveita e – com Pacheco Pereira como sniper na SIC a fazer o que sempre criticou aos outros quando Cavaco ou Manuela Ferreira Leite foram líderes do PSD – sempre se vai procurando reduzir o espaço de manobra de PPC.

O objectivo é – claro! – forçar o Pântano Central.

Afinal não é só a Esquerda que está contra a Direita. É a própria Direita dos bastidores que está contra a Direita agora sob os holofotes. Ciumeiras. Afinal há quem não perceba que o seu tempo passou e tente mexer os cordelinhos que pode. Um pouco como Soares no PS, só que esse as  vai fazendo de outra forma.