Domingo, 22 de Maio, 2011


… atirar com outdoors. Mesmo tendo prometido, como se tornou norma, o contrário.

Swedish House Mafia, Save the World

o partido do sikhismo mediático

… não é o mesmo que maledicência.

… para satisfação da Caneta e não só…

… em como este depoimento do grande pai da Nação ao site Educare foi concedido por escrito. A virgulite e o labirinto sintáctico são provas irrefutáveis do crime de lesa-língua-pátria.

Eis um excerto significativo:

E: A reorganização da rede escolar e a transferência de competências para as autarquias são também assuntos que lhe merecem atenção. O que deve ser feito nestas áreas?
AA:
Continuar um diálogo de escuta ativa, com consequências, com as autarquias, uma vez que estas, independentemente de alguns “bitaites” isolados, estão a fazer um excelente trabalho na área educativa. É preciso reconhecer que há o risco de as câmaras com menores recursos próprios não alcançarem a mesma qualidade de desempenho nas tarefas educativas, do que as que têm maiores recursos…

Já aqui destaquei uma questão do teste intermédio de 9º ano de Físico-Química que se limitava a ser uma pergunta de recolha de informação e fazer uma subtracção simplérrima. No Blasfémias retomaram essa questão e adicionaram-lhe duas outras muito básicas.

Alertado, fui agora espreitar o teste completo e pasmei. Aquelas questões não são excepção, são a quase regra. Há questões que não testam nenhuma competência específica da disciplina, mas meras competências gerais de recolha de informação e cálculo simples.

A pergunta seguinte poderia ser feita numa prova de aferição de 6º ano de Matemática. Se o contexto temático fosse a de corridas e do tempo que se leva a andar à volta de uma pista, ia dar ao mesmo. Nesta questão está em causa um raciocínio lógico-dedutivo que não tem nada de específico da disciplina de CFQ. Até o facto de se escolher a unidade (ano terrestre) para o cálculo, remete para um nível muito simples de abstracção e cálculo. Aliás, esta pergunta poderia, por hipótese ridícula, inserir-se numa prova de Língua Portuguesa de 6º ano, na parte dedicada à recolha de dados num texto informativo.

Os planetas só lá estão para enfeitar.

… no teste intermédio de Ciências Físico-Químicas. É avaliada alguma competência específica da disciplina? Qualquer das que está identificada deve estar desenvolvida no 2º ciclo, de forma generalista.

Quanto aos conteúdos, há algum que tenha sido abordado? Não conheço o programa… 👿

Mesmo com um engenheiro todo o modernaço e pretensamente ecológico que disse aos sheiks que andava de carro eléctrico e tudo?

Clicar na imagem para aceder ao estudo (26 pp).

Nunca percebi bem como funcionam as obras da Parque Escolar, tanto a montante como a jusante. Será que houve algum estudo prévio que identificasse as escolas com maior necessidade de obras ou optou-se apenas pelo critério da visibilidade e do valor patrimonial? E depois de feitas as obras, houve alguma monitorização, algumas fiscalização quanto ao cumprimento do caderno de encargos, cálculos quanto ao custo por aluno, etc, etc?

Lá fora fazem dessas coisas e não é de agora…

SCHOOL CONSTRUCTION COSTS

Information on school building costs including costs per square foot and per student, new construction and renovation cost comparisons, and cost estimating, compiled by the National Clearinghouse for Educational Facilities.

A Comparison of Public School Construction Costs

Construction Cost Estimating High School Construction Costs

BUILD NEW OR RENOVATE SCHOOL FACILITIES?

Information on the process of assessing whether to renovate and modernize existing school buildings in need of repair or construct new facilities, compiled by the National Clearinghouse for Educational Facilities.

Collaborative for High Performance Schools

Database: Broward school construction costs 2004-09

Public School Construction Program (Maryland)

Portland Public Schools News – School construction budget based on independent professional estimates

PS paga apoio com refeições

Seguem José Sócrates para todo o lado, de norte a sul do País, em autocarros pagos pelo PS. Depois são usados para compor os comícios, agitar bandeiras, e puxar pelo partido, apesar de muitos deles não perceberem uma palavra de português e não poderem votar. Em troca têm refeições grátis.

Não há nenhuma ERA – Entidade Reguladora da Aldrabice?

Será que é isto que significa defender a inclusão e o Estado Social?

Balsemão/Cavaco E O Pântano Central

Polícias, escolas e hospitais sem material de trabalho

Eu tenho poupado a minha resma de folhas… Sou um tipo que cresceu na outra crise que levou com o FMI em cima. A meio de Maio ainda só gastei metade do meu plafond de impressões na escola.

Mas o que é mesmo giro é que – para promover o sucesso e atingir as metas – pedem-nos que diversifiquemos isto e aquilo, o que é incompatível com meras amostras de pauerpóintes e animações nos quadros hiperactivos (que gastam energia e banda larga, quando vamos à net. É preciso produzir evidências em suporte físico que somos produtores esforçados de sucesso.

Mas o mais grave é que se vive assim numa cultura de aparência: tem-se o quadro xpto para mostrar as coisas, mas a net nem abre o gmail. Fazem-se escolas com ares condicionados à maneira, mas quando aquece não se ligam porque triplicam os encargos com a electricidade. Fazem-se casas de banho girérrimas, mas fecham-se as torneiras para poupar a água.

Comprou-se o ferrari para mostrar à vizinhança, mas sai-se com ele apenas até à esquina porque não há dinheiro para o combustível, para o imposto de circulação, para mudar o óleo ou sequer para reparar algum pequeno risco que apareça.

Ainda não percebi bem se para o distinto auditório, sou mais do Bloco ou do PSD. Há dias, fui sondado por segundas vias, para dar um depoimento enquanto professor bloquista e agora acabam de me perguntar se podia, para outro espaço, fazer cobertura da campanha do Bloco.

Em contrapartida, todo um vasto sector da esquerda que passa aqui pelo blogue considera que estou todo inclinado para os laranjinhas e houve mesmo uma pessoa amiga que considerou que tinha exagerado na forma como retratei favoravelmente o PPC.

Uma coisa percebi; sejam uns, sejam outros, identificam-me com um dos partidos com a campanha (até ao momento) mais errática e com maior número de vozes dissonantes: CDS, PCP e PS parecem exércitos profissionais a uma só voz…

É @ Nossa Escolinha:

Legislativas 2011

Espumadamente:

A lapa que ri

João Dinis XXI:

Deixem-se mas é de pintelhices…..o povo está farto de pagar!

O Abade de Travanca:

Sócrates vs Passos Coelho

O País do Burro:

Duponpsd VS Dupontps

One More Shoot:

Debate? Qual debate?

Quem Ousa, Vence:

Momentum: “Carpe diem” (513)

Regalias:

Vontade de sofrer ou vontade de servir Portugal?

Trokatintas:

O “animal feroz” afinal é um COELHO !

Vermelho Cor de Alface:

O que o debate clarificou

Para todos os sabores, recolha do Livresco.

Diário do Minho, 20 de Maio de 2011