Tem sido um fartar vilanagem… mais de 27 milhões para o “Estado Social(ista)”…