por isso
partiste

porque nada ouvias e na tua face

a noite crescia quando partiste

viajava aos
meus olhos uma catedral imensa

rumorosa e confusa das manhãs claras

reparava em
todos os sons

e havia sons que eram escadas

outros que pareciam luzes

e alguns que ainda não eram sons quando partiste

todos
edificaram a noite

que ficou uma catedral de silêncio

sem escadas nem luzes

nem faces que nos meus olhos viajassem

quando partiste

[eu]