Quinta-feira, 5 de Maio, 2011


The Black Keys, Howlin’ For You

hoje és o meu pai e vais nos gestos que virão

imperfeitos como a vida e que serão só os meus

pai dá-me a tua mão e guia-me de novo

por entre os caminhos desta floresta sombria

de árvores decepadas

[eu]

… estou satisfeitinho porque amanhã é prova de aferição de LP e não tenho de a vigiar, para além de que os meus alunos ficam sem aulas e, por tabela, eu sem actividades lectivas.

Ao fim de 20 anos disto, só residualmente me calharam destas coisas, as chamadas folgas – ausência de componente lectiva em novilíngua – à 6ª feira. Acho que aconteceu uma vez ou duas e sempre no outro milénio que já acabou.

A escola da petiza também vai a banhos por causa disso, e depois à tarde talvez por causa da greve, e é como se fosse dia do pai outra vez, só que desta vez a sério.

I Laike!

!

Aqui. O Citizen já chamou a atenção, em comentário, para o nº 7, alíneas j) e k).

Lembrem-se dela quando laikarem as vossas próprias coisas (pensamentos, citações, músicas) no FBook. É bué cule quando gostamos daquilo que gostamos. É gostar (em) dobrado.

O Spórtengue (de Braga) mereceu. E assim a final da Liga Europa sempre é mais equilibrada.

Página seguinte »