Se houve (e há) área que o Governo e o PS sempre souberam usar – contra muito do que seria de esperar – como instrumento forte de propaganda política e eleitoralista foi a Educação. Esgotados os Magalhães e algo mirrados os certificados das NO, restam as obras da Parque Escolar, pujantes como sempre, entre os anúncios de intervenção e as inaugurações.

Eis uma volta pelo país, em notícias recentes compiladas pelo Livresco.

Haverá quem diga que só mostra obra quem a fez, mas… em alguns casos é o anúncio e outros não se sabe bem quem paga a factura, quando e em que moldes.