Sócrates já votou e deixou declarações sobre PSD para domingo

(…)

“Falarei amanhã”, disse o líder socialista e primeiro-ministro demissionário, que entrou e saiu das instalações do partido sem prestar mais declarações. Este silêncio surge depois de José Sócrates ter-se manifestado nesta sexta-feira, em Bruxelas, “impaciente” para comentar as posições do PSD sobre a subida do IVA e a avaliação dos professores, confessando ter de se “conter” para não o fazer fora do país.