Cara Drª Ana Fialho (GAVE)

Na sequência do e-mail que me enviou no dia 10 de Março de 2011, a informar-me de que, no âmbito do processo de constituição da Bolsa de Professores Classificadores dos Exames Nacionais do Ensino Secundário, fui seleccionado para desempenhar as funções de classificador, e de que terei de frequentar a acção «Questões de fiabilidade na classificação de respostas a itens de construção no contexto da avaliação externa das aprendizagens», creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, a decorrer nos dias 25 e 26 de Março de 2011, no horário das 9H00/13H00 e 14H30/18H00, integrado na turma HCA5, em lugar a indicar – hoje fiquei a saber que é em Setúbal –, venho por este mesmo meio solicitar esclarecimentos sobre o seguinte:

1. uma vez que sou obrigado a frequentar a acção de formação supracitada e que o local onde ela vai decorrer se localiza a cerca de 300 quilómetros do meu local de residência e de trabalho, quais são as ajudas de custo – para deslocações, alojamento e alimentação – que me vão ser dadas?

Nota: a minha esposa, professora de Português, foi igualmente convocada para a mesma acção de formação, nos mesmos dias e às mesmas horas em Albufeira (Algarve) e a nossa família possui apenas um automóvel, a resposta a esta primeira questão – para sabermos se vamos e como vamos – é da máxima urgência.

2. uma vez que, contrariamente ao que me informou no e-mail, a Direcção da escola a que pertenço não sabe esclarecer “Qualquer dúvida decorrente deste processo” – aliás, ela mostrou-se surpreendida com tal pedido de esclarecimento, pois não recebeu informação oficial sobre os professores envolvidos nestas acções de formação e desconhecia o conteúdo dos e-mails enviados aos professores –, pergunto: isso é normal ou terá havido algum extravio da comunicação entre o GAVE e a Direcção?

3. uma vez que o GAVE se achou no direito de dispor do meu tempo pessoal, exigindo-me o sacrifício de um sábado, considero ser de elementar justiça não só o pagamento dos custos referidos em 1., como, também, de horas de trabalho extraordinário em dia de descanso complementar.

Agradecendo a sua melhor atenção e/ou dos serviços do GAVE, fico, assim, a aguardar resposta que peço, e espero, que seja o mais célere possível.

Com os meus cumprimentos,

J. C.