Sábado, 5 de Março, 2011



Talking Heads, The Great Curve, Born Under Punches

Balanço da Concentração/Vigília de Professores, organizada pela APEDE, em Sintra

Muito importante ler nas entrelinhas o que o Paulo não pode escrever de forma explícita, até porque ele tem a ponderação que muitas vezes a mim escasseia…

PARA ALÉM DO LIMITE

Cheira de novo a podridão no ar….

Cortesia do Livresco:

Professores exigiram suspensão do modelo de avaliação numa vigília em Sintra

Cinquenta professores exigiram na sexta-feira, numa vigília em Sintra, a suspensão do modelo de avaliação e desempenho docentes e as medidas “economicistas” do Ministério da Educação.

Sintra: Professores exigiram suspensão avaliação em vigília

Cinquenta professores exigiram na sexta-feira, numa vigília em Sintra, a suspensão do modelo de avaliação e desempenho docentes e as medidas “economicistas” do Ministério da Educação.”Exigimos que haja uma suspensão imediata deste modelo de avaliação e que ele seja substituído por um modelo sério, justo e que efectivamente melhore as práticas docentes. Este modelo de avaliação é uma verdadeira palhaçada”, disse à agência Lusa o presidente da Associação de Professores e Educadores em Defesa do Ensino (APEDE), Ricardo Silva.

A iniciativa foi organizada pelo núcleo de Sintra da APEDE, que juntou em frente às instalações da autarquia, os professores em protesto contra “as medidas economicistas” do Ministério da Educação.

Ricardo Silva adiantou que existe um “sentimento geral de descontentamento” por parte dos professores, que se sentem “maltratados pelo Governo”, e saudou a votação na Assembleia da República dos partidos da oposição, que revogaram o decreto-lei que previa a reorganização curricular.

A mesma preocupação com o estilo, o domínio da língua inglesa e a visão distorcida da realidade.

Os cortes salariais na TAP… no fim ficam os professores e quem mais?

… que hoje tenham estado ao final da tarde pelo bar do CAM da Gulbenkian, agradece-se que – em caso de a terem encontrado – mandem a minha carteira ali para a esquadra da PSP da Praça de Espanha, pois é muito chato ter de fazer os cartões todos de novo (só escapou o da ADSE que era recente e estava em casa), desde os cartões de várias livrarias ao em extinção Cartão de Eleitor. Podem ficar com o dinheiro como prémio, assim como o talão de 10 euros para compras na Bertrand.

Cuidado com o Aspegic, que é capaz de estar fora de prazo.

Esta deve ser a parte em que a garganta fraquejava perante os amores marialvas dos Farrobo e Castelo-Melhor.

Foto da Armanda, que disparava como se não houvesse tripolis

Página seguinte »