Ao menos, os americanos têm, afinal, uma clara percepção do nosso alegre-pobrismo:

EUA dizem que Portugal compra “brinquedos caros e inúteis” por “orgulho”

Um telegrama divulgado pela WikiLeaks e enviado para Washington pelo então embaixador dos Estados Unidos em Lisboa, Thomas Stephenson, arrasa os negócios do Ministério da Defesa português.

Era nesta parte que, se eu não exercesse alguma auto-censura, faria uma ligação entre o perfil psicológico de certos políticos nacionais e o seu exibicionismo bacoco.

A coisa em si é mais forte em políticos que se apresentam como muito firmes e assertivos, para consumo público.