Quinta-feira, 20 de Janeiro, 2011


PIL, Rise

I could be wrong, I could be right,
I could be black, I could be white,
I could be right, I could be wrong,
I could be black, I could be white.

They put a hotwire to my head
‘cuz of the things I did and said.
They made these feelings go away,
but those feelings get in every way.

May the road rise with you.

Anger is an energy.

Qual o valor dos cortes salariais?
.
Providências cautelares para impedir os cortes nos salários foram aceites mas foi indeferido o pedido de suspensão imediata
.
Cortes nos salários, deputados do BE PCP vão pedir ao Tribunal Constitucional a fiscalização sucessiva abstracta da lei.
.
Cortes salariais, reclamações individuais
.
Redução de salários, fiscalista Tiago Caiado Guerreiro. A recusa e proibição dos funcionários das finanças em falarem sobre os cortes salariais (fim do vídeo)
Recolha, tratamento e muita dedicação do Calimero Sousa. Quem me desculpem, mas a equipa informal do Umbigo faz mesmo serviço público e eu estou-lhes imensamente agradecido.
Como complemento, amanhã é capaz de ter interesse ler o DN sobre estas matérias.

Mais um corte. Agora, no cálculo das horas extraordinárias

2010

2011

E concordo muito, até chorei para o ar!

Tudo por causa da minuta, na qual se evitou o governês…

Viva a minuta, pá!,  não interessa que se tenha perdido a Hora. Pá! Pum!! Fu.

Mais uma vez o esquecimento dos contratatos, não é, pá?

Luís Filipe Carvalho na SICN a analisar a perda de tempo que implica toda esta coreografia em torno dos cortes salariais. Como ele diz, a via mais rápida é através do pedido directo da análise ao TC pelo Presidente da República, primeiro-ministro, 10% dos deputados, Procurador da República e Provedor da Justiça.

Os 10% dos deputados já se mexeram. Eu vou tentar a via do Provedor. Bem ou mal, é mais rápida.

Como ele diz, o que está em causa é a falta do princípio da verdade em tudo isto.

um estado de excepções

Página seguinte »