A páginas 35 da Visão de hoje, numa peça sobre a resistência jurídica aos cortes salariais assinada por Francisco Galope e Tiago Fernandes, surge o seguinte destaque:

Não contesto que os «sindicatos recorreram» a Garcia Pereira como um perito nesta matéria. Seria, contudo, útil que aqueles que têm como ofício informar, recolhendo informação, o fizessem com mais rigor ou mais detalhes como, por exemplo, quem solicitou e pagou um dos pareceres em causa. No outro dia ainda se deram ao trabalho de, numa televisão, referir um «grupo de professores». No caso destes jornalistas (serão amigos do outro que não gosta de nós, o chitas…), era bom que tentassem ser ligeiramente mais cuidadosos na forma como…

Eu sei que desta vez se optou por low-profile, sem Altis e tal por causa dos tempos de low-cost, mas isso não impede que se atribuam as coisas a quem…

E afinal, o parecer do doutor Garcia Pereira que aqui se divulgou até é o único completamente público, não seria difícil saber isso.