Para descarga da paciência revisitei este post do Jugular depois de o ter comentado há umas boas horas. Lá usam a moderação de comentários o que é sempre giro, porque assim podem escrever e ficar horas sem contraditório, mesmo quando o visado lá vai, ordeiramente, escrevinhar.

E nem é porque a autora não tenha voltado a postar e a aprovar comentários feitos em texto seu, seguinte.

É porque assim não fica lá, em tempo de leitura útil para a maioria dos visitantes, a demonstração da sua visão habilidosa das coisas.

São formas de encarar a blogosfera como truque.

Se é para eu fazer o link, um bocado como o outro que reflecte muito, já está. Pronto.

Não é por acaso que a  Ana Matos Pires é psique.