Quinta-feira, 2 de Dezembro, 2010



Lou Reed e Pete Towshend, Pale Blue Eyes
Lou Reed e Laurie Anderson, Hang on to Your Emotions

Could it be you’ve never felt like that
that your mind’s a cage – inside the cage a cat
that spits and scratches all it can get at
And that’s you, and your emotions

… por forma a fazê-la funcionar como um grupo de trabalho, quando as suas características empurram no sentido contrário? É um assunto que sempre me fascinou porque, estando necessariamente na essência da relação pedagógica que se estabelece na sala de aula, não tem forma de se ensinar/aprender em nenhuma cadeira académica, por muitas pistas, truques e estratégias que se ouçam ou leiam.

O que faz com que a química aconteça ou não, com esta turma ou aquela, com este(a) professor(a) ou aquele(a).

Porque não existe uma única fórmula e muito menos acredito que existam modelos facilmente transponíveis, de modo quase automático, de um caso para o outro.

E acho que é por aí que falham muitas vezes os teorizadores da Educação, quando pretendem que o seu método é universalizável, numa tentativa de, com o seu quê de totalitário, achar que cada grupo funciona da mesma forma e reage do mesmo modo aos mesmos estímulos. E quem diz grupo (turma), diz indíviduo (docente).

E é também por aí que falham as estratégias de avaliação que, defendendo a necessidade de atentar os estilos e ritmos de aprendizagem dos alunos, depois vacilam perante a indispensabilidade de fazer o mesmo com os estilos e métodos de ensinagem, como dizem alguns, quão mais politicamente correctos quanto intolerantes?

E porque não discutimos isto mais entre nós, em público ou não, sem receio de confrontar práticas diversas?

Agora que muito se anuncia a primeira História da Vida Privada em Portugal, lembrei-me do projecto de publicação de uma História da Vida Privada e do Quotidiano entre nós, abortado por razões que nunca entendi muito bem, embora me tenham sido pagos com todo o rigor os sete artigos então produzidos em meados dos anos 90, alguns dos quais ainda permanecem inéditos.

Agora que o frio se vai instalando, recordar os modelos de Verão para 1964 e 1980.

Reunião ME/ DGRHE e DREN em Guimarães

… quando em outros casos, quem arde são os indivíduos?

Concessões rodoviárias: Estado vai ter de pagar 600 milhões por erros

Estes erros são comuns a várias concessões, com encargos avultados para os cofres públicos.

Para consulta e divulgação: PortariaAvaliaDirectores. Se não estou desmemoriado de todo, esta é uma nova versão de um projecto anterior com 7 páginas. Agora são 10.

Página seguinte »