… e a mais uma série de outros grupos profissionais das empresas públicas que já se safaram desta. Pelos vistos nem foi preciso uma manifestação, entendimento ou acordo, bastando uns avisos…

Assim se vê a força relativa de uns e outros quando se trata de negociações.

Função Pública: aprovado regime de excepção aos cortes salariais

PS conseguiu ainda abrir a porta a «adaptações» desde que autorizadas e justificadas.

O PS conseguiu aprovar esta terça-feira uma alteração à norma dos cortes salariais nas empresas públicas com maioria de capital do Estado e entidades públicas empresariais, abrindo a porta a «adaptações» desde que autorizadas e justificadas «pela sua natureza empresarial», informa a Lusa.

Os «trabalhadores das empresas públicas de capital exclusiva ou maioritariamente público, das entidades públicas empresariais e das entidades que integram o sector empresarial regional ou municipal» era o texto original da proposta de lei do Orçamento, ao qual o PS acrescentou hoje a expressão «com as adaptações autorizadas e justificadas pela sua natureza empresarial».