Confesso que vi na televisão muito pouco, quase só na RTPN e fiquei sem uma noção clara do número de manifestantes. Nos sites noticiosos ainda não surgem números ou balanços do acontecimento. Só ecos da vinda do presidente chinês. De algo fiquei com a certeza: nada que se compare com o estrondo provocado pela primeira mega-manifestação de professores, quer em termos mediáticos, quer no estado de espírito dos presentes que vi filmados na Avenida da Liberdade. Talvez o resultado da diferença entre o protesto espontâneo e o agendado.

Podem deixar aqui links para balanços na imprensa, comentários pessoais de quem participou (ou não) ou mandarem-me fotos para guinote2@gmail.com, caso as tenham.