Reli esta notícia do DN e realmente nota-se que ou a jornalista meteu os pés pelas mãos ou alguém se quer encavalitar em iniciativa alheia. Mas, em boa verdade isso não me incomoda. O parecer pedido ao doutor Garcia Pereira destina-se a uso público por parte de todos os interessados, não fazendo grande questão em que se destaque quem pediu ou deixou de pedir, ou mesmo quem vai pagar.

Aliás, acho mesmo ser motivo de orgulho que algo feito a partir de um blogue, com fundos recolhidos pelos seus visitantes e comentadores, possa ser considerada a última esperança dos próprios sindicatos representativos da AP.