Fenprof considera corte um “terrível e forte ataque à escola pública”

Isabel Alçada diz que é possível ter escola pública de qualidade com cortes previstos