Porque parece que têm uma coligação de Cavacos, Jerónimos e Louçãs à espera no sítio do costume:

FMI não prevê aterrar na Portela