O projecto de revisão constitucional do PSD tornou-se uma das principais armas políticas da reentrée socrática, como se viu hoje em Matosinhos e já antes se vira em Mangualde. E cada aparição televisiva de Paulo Teixeira Pinto a reforçar a lógica das suas propostas (com o apoio aberto e declarado de Lobo Xavier na Quadratura do Círculo) é mais um argumento para José Sócrates até parecer de Esquerda e assim ir buscar eleitorado fugídio, com memória curta e amedrontado.