A meio de Agosto chega a notícia às escolas, vias Equipas de Apoio. O respectivo despacho, dizem, seguirá depois. Isto cada vez faz mais lembrar os tempos valterianos, não sendo de estranhar que o inspirador do facto consumado antes da lei tenha a tutela do IEFP e tal.  Mmmm…

Será mais uma forma de poupança ou apenas a transferência para as NO de todos estes alunos para engordafrem o sucesso da iniciativa? Ou andará por aqui coisa outra?