No The Economist, acerca da rendição do ingL~es europeu ao americano:

This house believes that the English-speaking world should adopt American English.

Mas o debate saiu-lhes ao contrário…