Quarta-feira, 9 de Junho, 2010


Interpol, Obstacle

Entretanto, ao vivo, é possível que esteja a ouvir uma versão desta.

Encerramento da escola de Várzea de Abrunhais

Abaixo-assinado da Fenprof contra encerramento de escolas do 1º ciclo

… de especialistas instantâneos em Economia que expliquem que reduzir a massa salarial não é o mesmo que reduzir salários.

Agrupamento de Izeda em risco

O Agrupamento de Escolas de Izeda corre o risco de ser fundido com o Agrupamento Augusto Moreno, em Bragança, perdendo os órgãos de gestão já no próximo ano lectivo.
Esta é, pelo menos, a proposta que está em cima da mesa, comunicada, no início do mês passado, pelo coordenador da Equipa de Apoio Educativa Nordeste, Terra Fria e Arribas, Luís Martins, ao director da Escola Básica de Izeda.
A população está contra a fusão de agrupamentos e teme pelo encerramento do estabelecimento de ensino, com cerca de 300 alunos. Por isso, populares, representantes da Junta de Freguesia, da Associação de Pais, do conselho geral da escola e dos bombeiros de Izeda reuniram, na passada quarta-feira, com o governador civil de Bragança, Jorge Gomes, para demonstrarem a sua preocupação em relação à fusão do agrupamento e entregarem um abaixo-assinado com cerca de 2700 assinaturas para impedir a fusão.

“A decisão de concentrar os três Agrupamentos de Escolas do Concelho num só é ilegal”

O presidente da Câmara Municipal de Trancoso, Júlio Sarmento, está contra a concentração dos três Agrupamentos de Escolas do Concelho num único agrupamento. Numa reunião, realizada na última quinta-feira, dia 3, em Vila Franca das Naves, o autarca afirmou que “a decisão de concentrar os três Agrupamentos de Escolas do Concelho num só é ilegal, porque não foi precedida da revisão da Carta Educativa, além do Conselho Municipal de Educação não ter sido ouvido”.
Júlio Sarmento é da opinião que os vilafranquenses devem obter por escrito garantias de que o 3º ciclo vai continuar na Escola Secundária de Vila Franca das Naves, até porque os resultados obtidos têm sido positivos.

Encerrar escolas com menos de 21 alunos “é estupidez”

Encarnação condena “chantagem” da tutela de reduzir o número de professores (de dois para um) nas escolas que se mantiverem abertas

Carlos Encarnação considerou ontem «uma estupidez» a decisão do Ministério da Educação (ME) de encerrar todas as escolas EB1 do país com menos de 21 alunos, condenando a postura da tutela de propor a redução do número de professores (de dois para um) nas escolas, nestas condições, que se mantiverem abertas no próximo ano lectivo.

Escolas de Casal de Abade e Avô não abrem portas no próximo ano lectivo

Pombal: Encerramento de escolas gera preocupação

O vereador da Educação da câmara de Pombal está apreensivo face à intenção do governo de encerrar escolas do ensino básico, com menos de 20 alunos.

Escolas com menos de 20 alunos só fecham depois de haver alternativa de qualidade

Algumas escolas de Anadia podem fechar

Capinha contra encerramento de escola

A Junta de Freguesia da Capinha, no concelho de Fundão, diz que vai lutar pela continuação da escola do 1.º ciclo da aldeia, agora que se anuncia uma nova vaga de encerramento de estabelecimentos escolares com menos de 21 alunos.

Reportagem na Setúbal TV e algumas fotos do J. J. Matos.

Chegada por mail:

Face aos processos de fusões de agrupamentos de escolas com escolas secundárias, de norte a sul de Portugal, e à consequente nomeação de Comissões Administrativas Provisórias, como é possível que estejam a ser entregues listas com candidatos que vão deixar de ser titulares deórgãos de gestão nas próximas semanas?

Página seguinte »