Neste caso, temos uma escola na qual, em função de reclamações de docentes quanto à sua classificação, foi feita uma reclassificação de todos, o que implicou que, para que alguns subissem, outros descessem, com as classificações dita de mérito a fazerem uma espécie de montanha russa pelo corpo docente.

Admirável.

Como admirável é a ideia – racionalizadora do tempo – de colcocar um cronómetro no Conselho Pedagógico para contagem do tempo de cada intervenção e as parar ao fim de 30 segundos.

Verdade se diga que com esta medida, em alguns casos, eu até quase concordaria…