Uma pessoa lê e só não se espanta porque já se habituou a tudo. Eu sei que alegam que as criancinhas vão ter computadores e quadros interactivos à brava nas novas escolas, mas eu continuo a dizer que o essencial não passa por aí. Em especial quando os mega-centros escolares não estão feitos…

Importa erradicar gradualmente escolas de pequena dimensão e as escolas de lugar único, sem condições e recursos adequados ao sucesso escolar, garantindo as condições de transporte adequadas aos alunos transferidos. O esforço de requalificação e reordenamento da rede escolar deverá ser extensível a todos os níveis e ciclos de ensino, condição para a redução das assimetrias regionais e o estabelecimento de uma efectiva igualdade de oportunidades no acesso à educação.

A fonte por enquanto fica por identificar. Mas será por pouco tempo.