Quinta-feira, 27 de Maio, 2010


Killing Joke, Pandemonium

Em princípio está combinado. Dia 8 de Junho, pela manhã, na Secundária do Bocage em Setúbal, com moderação do João Paulo Maia, um debate sobre a Educação em Portugal com os professores Medina Carreira, Nuno Crato e este que s’assina.

Mais detalhes, óspois que hoje já estou mais para lá do que para cá, não adianta tentar escrevinhar nada.

(c) Antero Valério

O mérito deve ir para os colegas do Ad Duo que estudaram quase até à exaustão imensos acórdãos…

Bloguistas querem detalhes de acordo entre sindicatos e Governo

Os professores vão enviar requerimentos, ao abrigo da lei que regula o acesso a documentos públicos, a pedir as actas do acordo assinado em Janeiro entre os sindicatos e Isabel Alçada. Caso o Ministério da Educação recuse divulgar os textos, os docentes prometem apresentar queixas à Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos (CADA).

A iniciativa partiu dos blogues A Educação do Meu Umbigo e Ad Duo, que disponibiliza online os documentos que os docentes podem preencher, assinar e enviar para o Ministério ou, caso sejam sindicalizados, para o seu sindicato.

«A ideia é tornar mais transparente o que foi acordado. Não se percebe que, quatro meses depois, ainda não haja actas» – explica o bloguista Paulo Guinote, que tem protagonizado uma dura troca de palavras com o dirigente da Federação Nacional de Professores, Mário Nogueira.

Guinote acredita que, durante as negociações sobre a avaliação docente «podem ter ficado acordadas outras matérias com a ministra, que depois esbarraram na inflexibilidade do primeiro-ministro».

CDS-PP defende reflexão sobre custos de turmas com menos alunos

O CDS-PP manifestou-se hoje favorável à redução do número de alunos por turma e por professor, mas alegou que a actual situação financeira do país exige uma reflexão sobre os custos associados a tal medida.

Já me foi dito que, por causa da manifestação de sábado, a afluência deve ser bem menor do que o esperado. Quanto à mesa da polémica, (oposta à das 10 horas de sábado) pelo que soube hoje, pela FNE estará Dias da Silva e pela Fenprof, Francisco Almeida do SPRC.

A menos que aconteça algum imprevisto (eu não dar com o caminho para o edifício ao lusco-fusco, ou imprevisto maior), lá estarei, com imensa pena que o confronto não mobilize quem está acima disto tudo. Não estou a lançar uma indirecta, é mesmo uma provocação. A menos que seja por causa de questões de representatividade.

Ou de assinatura das actas de 2009, o ano que desinteressa.

Desta vez acho que piscarei o olho ao Dias da Silva, por aparecer.

Tesourinhos das adjudicações directas

(…)
Que as autarquias têm um fraquinho maior por Tony Carreira do que pela fadista Mariza é senso comum e conhecimento digno de conversa de café. Mas a questão ganha novos contornos quando se sabe que o artista de Pampilhosa da Serra motivou no ano passado adjudicações directas camarárias superiores a 800 mil euros, tendo ficado a fadista pelos 257 mil.

Os dados, recolhidos pelo i na base de dados dos contratos públicos, podem ou não chocar o contribuinte mais cumpridor. O certo é que, com o programa de austeridade em marcha e perante o aumento de impostos, é difícil não pôr os olhos na despesa do Estado. Grão a grão, enche a galinha o papo, diz o povo. E a sabedoria popular costuma ser boa conselheira quando o assunto é poupança.

Não posso mesmo comparecer, apesar da justeza da homenagem, porque começarei o dia 18 a vigiar exames e acabá-lo-ei, não sei a que horas, como taberneiro renascentista.

Pelo que dia 19, a ressaca psicológica é certa.

Tenho uma proposta de colaboração, ao nível da produção de conteúdos aqui para o blogue, de uma personalidade conhecida de todos os habituais no blogue.

É alguém que, com razão, acha que eu ando a descurar algumas vertentes dos temas educativos e que tem conhecimentos em áreas nas quais padeço de evidentes lacunas.

A breve prazo, se desvendará a parceria que será completamente inovadora num blogue que até ao momento tem tido uma linha editorial 101% pessoal.

Aceitam-se alvitres.

Possível apenas graças a uma reposição de aula e mesmo assim esperando chegar a tempo.

Em vez de apresentações multimédia desmaterializadas, lá vou de novo com uma comunicação completamente analógica e física e uma mala cheia de revistas nacionais e estrangeiras da primeira metade do século XX, do Regicídio à 2ª Guerra Mundial, assim como alguns folhetos e livros, para que os jobvens percebam que nem tudo se acha à distância de uns cliques na net.

Confesso que estou a redescobrir o prazer por etes temas que são, afinal, os que me ocuparam durante cerca de 20 anos.

Colóquio “Fazer / aprender História – o trabalho com as fontes históricas”.

Auditório da Escola Secundária Marquesa de Alorna (Almeirim)

A mesa redonda será realizada em dois turnos. Assim, entre as 10h30 e as 12h30, contará com a presença do mestre Eurico Henriques e do Dr. Ricardo Marques (arqueólogo); entre as 14h30 e as 16h, contará com a presença da mestre Isabel Pestana Marques e do Doutor Paulo Guinote.

Anonymat des blogueurs : le web se mobilise

Un appel a été lancé contre une proposition de loi visant à mettre fin à l’anonymat des blogueurs non professionnels.

Plusieurs acteurs de l’internet français ont publié, mercredi 26 mai, un appel accompagné d’une pétition contre une proposition de loi visant à mettre fin à la possibilité pour les blogueurs non professionnels de rester anonymes.

A vanguarda da democracia

Quem entra no blogue e começa a ouvir a reportagem sobre indisciplina do Canal Guimarães, é só descer até ao post e clicar na imagem que o vídeo pára.

Beano (o mais anti heroínas em curtos trajes que consegui encontrar…)